10 de março de 2020

Como um ERP pode potencializar suas vendas

By marketing [ devCoffee ]

Tempo de leitura: 2 minutos e meio

Se você é um empresário, você certamente sabe como é importante aumentar suas vendas, não é mesmo? Pois é, sabemos que essa tarefa pode não ser fácil, afinal, existe diversas motivos que influenciam o desempenho das suas vendas.

Mas não é impossível aumentar suas vendas. Por isso, entendemos que uma das melhores maneiras de tornar isso uma realidade, é adquirindo um ERP.

 

Abaixo, vamos falar um pouco sobre como o ERP pode te ajudar com suas vendas.

 

O que é um ERP?

ERP (Enterprise Resource Planning ou Planejamento dos Recursos da Empresa), é um sistema de gestão empresarial. Sendo assim, esse sistema de gestão integrada, é responsável por gerir todas as atividades diárias de uma empresa, do administrativo ao operacional. Desde o faturamento até o balanço contábil, de compras a fluxo de caixa, de apuração de impostos a administração de pessoal, de inventário de estoque a contas a receber, do ponto dos funcionários ao controle do maquinário da fábrica.

 

Por que usar de um ERP na sua empresa?

Independente do segmento de atuação, toda empresa apresenta uma série de dados e informações sobre os quais o gerenciamento é de extrema importância.

São sempre várias áreas e departamentos que por vezes não apresentam um diálogo fluido. Marketing, Finanças, Operações… Quantas vezes você já não identificou divergências de informações ao longo dos processos internos do seu negócio?

O ERP surge como excelente opção para resolver esse tipo de problema. O software trabalha com diversas informações diferentes que vão desde os processos de vendas (faturamento e emissão de nota fiscal, por exemplo) até detalhes de áreas absolutamente específicas como no caso da gestão de equipe.

E não é apenas para o armazenamento que o gestor pode contar com o software. Ele também apresenta relatórios bem interessantes e que podem ser determinantes para a tomada de decisão.

Como um ERP pode aumentar as suas vendas?

Uma das grandes vantagens de trabalhar com um é que ele pode ajudar (e muito) na organização das informações internas. Nele, é possível gerir os principais focos da gestão empresarial, como as políticas, estratégias e ações que são implementadas no setor comercial. Além disso, o ERP como uma grade motor para tracionar os demais setores do negócio, atuando como um termômetro que indica se o planejamento e objetivos empresariais estão fluindo da forma esperada ou não.  Afinal, do que adianta produzir, estocar produtos ou ter disponibilidade de serviços se não há venda para que haja geração de receita e fluxo de caixa? Para isso, é necessário ter tudo isso disponível, o que requer investimentos e por consequência necessidade de caixa.

Portanto, implantar um bom software de gestão empresarial e atuar de forma contínua na estruturação processos de gestão, tendo como o objetivo integrá-los, proporciona a criação de uma melhor aderência e fluidez no seu negócio, o que, por sua vez, potencializa os resultados.

As grandes dificuldades e barreiras que esse processo traz pode elucidar incertezas, as quais podem ser respondidas pelas simples perguntas a seguir:

  • Qual seu maior cliente em volume de vendas? E se falarmos em margem de contribuição?
  • Qual Estado gera a melhor custo benefício na geração PMR – Prazo médio de recebimento?
  • Quem está atrasado: lista de maiores devedores e lista de maiores atrasos? Como podemos atuar comercialmente para ajustar e fomentar esses cliente?
  • Qual a demanda reprimida do comercial? Quanto e quais os motivos fizeram perder receitas?
  • Quais os clientes que não compraram nos últimos meses? Qual foi o último contato realizado?
  • Quais e em quais produtos os clientes não estão atingindo a média de compras esses?
  • A curva ABC de venda, é a mesma curva ABC de produção ou estocagem?

Com essas perguntas, podemos elaborar dezenas de outras e ter a resposta delas de forma rápida e estrutura através de um ERP. Por isso, elas são fundamentais para corrigir, fortalecer ou até mesmo acelerar ações a fim de obter e potencializar os resultados comerciais.

 

Um bom e comum exemplo é a dificuldade que as empresas enfrentam em não ter um CRM ou quando os possuem (casos raros), não estão integrados ao ERP. Nesse caso, temos uma dificuldade evidente e que muitas vezes a resposta é vazia ou utilizando o “bidometro”, o famoso “eu acho que ”, para questões simples como:

  • Com quem falamos e o que falamos esse mês?
  • Com quem não falamos?
  • Com quem deveríamos ter falado esse mês?

É fundamental, crítico e necessário que as empresas e seus gestores entendam a importância e necessidade de investir em um bom ERP e que processos estejam aderentes as ferramentas oferecidas, o que certamente irá potencializar os seus resultados empresariais.

Achou interessante? Entre em contato agora mesmo, solicite seu atendimento ou saiba mais sobre o BrERP Gestão Empresarial.

 

O ERP 100% disponível na nuvem e totalmente completo é da devCoffee Sistemas de Gestão Empresarial.