28 de maio de 2020

Liderando equipes em home office

By marketing [ devCoffee ]

O trabalho remoto para muitas empresas é uma realidade já há algum tempo. Num mundo globalizado, principalmente as empresas multinacionais se viram na necessidade de operar desta forma, possibilitando uma otimização dos profissionais disponíveis na organização, e aproveitamento de suas expertises em diversos projetos, e ainda reduzindo custos operacionais. A crise causada pela epidemia de COVID 19 nas últimas semanas obrigou esta realidade a se estabelecer em praticamente todas as empresas: todos os processos possíveis foram descentralizados e colocados em home office.

Neste cenário, muitas dúvidas e incertezas emergem: como fazer com que os processos continuem rodando da mesma forma? Como prover as condições mínimas para o trabalho remoto? Como manter a continuidade das vendas e da prestação de serviços? Como controlar os colaboradores, até então sem experiência com trabalho remoto? Refletindo sobre essas questões, percebe-se que todas elas passam por uma questão: Como liderar as equipes em trabalho remoto?

            A liderança em equipes remotas passa por dois grandes desafios, que englobam todos os demais pontos: motivação e comunicação. A motivação da equipe não pode ser confundida com o incentivo, que é como uma recompensa a equipe que bate suas metas e prazos. A motivação é o impulso que as pessoas têm de fazer o que precisa ser feito, e nas equipe, na grande maioria das vezes vem do líder. O líder motivado, motiva a equipe. Esse ciclo da motivação, uma vez iniciado é sustentável, pois a equipe motivada pelo ser líder, faz as coisas acontecerem, e a percepção de que as coisas estão andando e que as tarefas estão sendo feitas é o que motiva, por sua vez, o líder.

            O outro grande ponto é a comunicação. Em situações de trabalho remoto, onde não existe a possibilidade de levantar da cadeira e ir até a mesa do colega para discutir ou resolver um assunto, a comunicação, ou melhor, a qualidade da comunicação é de extrema importância. Principalmente na comunicação escrita, onde as pessoas tendem a tentar se comunicar como se estivessem falando, e acabam deixando pontos de dúvidas que podem gerar falta de entendimento e retrabalho. A maior aliada da comunicação em tempos de home office é a tecnologia. As empresas e equipes devem utilizar ferramentas que aproximem as pessoas e proporcione a fluidez dos processos e mantenha a comunicação entre os membros da equipe, evitando o trabalho de ficar cobrando ou perguntando qual é o status das tarefas. Neste cenário, as empresas que possuem também ERP online também saem na frente, uma vez que não precisam vencer a barreira da infraestrutura para que os processos continuem a fluir, mesmo remotamente.

Gerenciar equipes a distância é um desafio. O líder precisa investir pesado na comunicação e ser capaz de criar um clima de confiança para manter todas as pessoas do grupo conectadas e motivadas em torno do objetivo da empresa.