fbpx

6 livros que todo profissional contábil deveria ler

mulher lendo

Independente da área de atuação profissional, a leitura é um hábito fundamental que deve ser praticado e inserido na rotina de todos, especialmente daqueles que trabalham com questões legais, societárias e que passam por constantes mudanças e atualizações. O contador, em especial, deve estar atento às últimas novidades que permeiam o mundo contábil. Para isso, fizemos um post com 6 livros que todo profissional de contabilidade deveria ler para se aprimorar, atualizar e estar por dentro das exigências do mercado:

Manual de Contabilidade Societária

Em primeiro lugar, vamos focar na sua formação profissional, certo? Então você não pode perder a leitura do “Manual de Contabilidade Societária: Aplicável a todas as Sociedades de Acordo com as Normas Internacionais e do CPC”, ou FIPECAFI, como também é conhecido. Esse livro tem como autores os renomados professores Sérgio de Iudícibus, Eliseu Martins, Ernesto Rubens Gelbcke e Ariovaldo dos Santos, bastante conhecidos no mundo contábil.

O FIPECAFI é considerado a “bíblia dos contadores” e tornou-se decisivo com a promulgação das alterações na Lei 6.404/76, dadas pelas Leis 11.638/2007 e 11.941/2009. O livro apresenta os pronunciamentos, interpretações e orientações emitidos pelo Comitê de Pronunciamentos Contábeis (CPC), que visam trazer para a realidade brasileira a harmonização contábil que se deu pelo processo de adoção das normas internacionais de contabilidade, conhecidas como IFRS.

Contabilidade de custos

Pensando em uma área diferente, ampla e com uma vasta possibilidade de atuação? A área de custos destaca-se por ser primordial em indústrias e ter um grande potencial para profissionais que se sintam preparados para o desafio. Caso você queira entender melhor como funciona a classificação de custos, lançamentos e metodologias utilizadas para definir o custo de produtos ou mercadorias, o livro “Contabilidade de Custos” de Eliseu Martins é uma ótima pedida.

Um livro técnico, mas com linguagem bastante acessível e que pode ser utilizado para o conhecimento dos conceitos básicos de custos, passando pelas metodologias de custeamento e uso das informações para a tomada de decisões gerenciais. A última edição já inclui as principais mudanças relacionadas à atualização e adoção das normas que modificaram a contabilidade brasileira, como é o caso, por exemplo, do CPC 16, relacionado à valoração de estoques e o impacto que isso possui na área de custos.

Contabilidade Tributária

O livro “Contabilidade Tributária” de Láudio Camargo Fabretti, que no ano de 2015 chegou à sua 15ª edição, é uma excelente opção para aqueles contadores que querem atuar na área tributária ou para os que têm dúvidas em relação a tributos.

O renomado autor Fabretti apresenta os conceitos tributários de forma bastante clara e didática para sua utilização não só no contexto empresarial, mas também educacional, já que é um dos livros mais usados em instituições de ensino, cursos e palestras.

A obra enfatiza a responsabilidade e o papel que o contador passou a ocupar na nova contabilidade, com a necessidade cada vez maior de conhecimentos não só de contabilidade geral, mas de aprofundamento em outras áreas que fazem parte da rotina contábil.

Pai rico, pai pobre

E que tal pensar nas gerações futuras ou ainda ver a contabilidade por outra perspectiva, saindo um pouco do óbvio? Dos autores Robert Kiyosaki e Sharon L Lechter, o livro “Pai Rico, Pai Pobre” mostra o mundo da contabilidade e das finanças por outro ângulo, envolvendo conceitos da vida comum aos de agentes econômicos como investimentos e mercado de ações, empregados, empregadores e outros que devem ser conhecidos por todos aqueles que querem se destacar. Esse livro foi traduzido para mais de 46 línguas em 97 países, o que demonstra o poder de aplicação que esta literatura possui.

A leitura é interessante para os contadores, já que contempla não só conceitos contábeis, mas outros que devem fazer parte da rotina dos profissionais da área, inclusive podendo ser utilizado na educação contábil e financeira de crianças, que é um dos focos da leitura. Lembre-se que é necessário pensar fora da caixa sempre.

Como fazer amigos e influenciar pessoas

“Como fazer amigos e influenciar pessoas”, de Dale Carnegie, é também um livro muito importante para os contadores. Mas de que forma? Atualmente, mais do que nunca, o contador passou a ter destaque, não só como um bom “apurador de impostos”, mas como gestor, fornecendo importantes dados para o processo de tomada de decisões.

Assim, com o papel de destaque dado ao profissional, é preciso focar no seu desenvolvimento como líder. Como o próprio livro afirma, 15% do sucesso financeiro de uma pessoa está ligado ao seu conhecimento técnico, o restante é relacionado à habilidade de lidar com outras pessoas. Então, você que já vem se preparando, já está em dia com as últimas mudanças e atualizações, deve focar agora nos relacionamentos e em como poderão lhe beneficiar.

Como fazer uma empresa dar certo em um país incerto

O livro “Como fazer uma empresa dar certo em um país incerto”, do instituto Endeavor é, no momento de crise atual, uma excelente opção para os contadores, que têm se mostrado, muitas vezes, salvadores de negócios que passam por alguma dificuldade.

Contando com o depoimento de mais de 50 empresários brasileiros, a obra permite que o profissional contábil saiba o ponto de vista do presidente do Conselho de Administração do Grupo Gerdau, Jorge Gerdau, ou ainda do famoso integrante do Grupo Pão de Açúcar Abílio Diniz, e como eles perpetuaram seus negócios por décadas e sobreviveram às constantes crises de nosso País. O livro apresenta uma linguagem fácil, inspiradora e acessível, mostrando que o empreendedorismo tem jeito, mesmo em um país incerto.

Neste post você viu diversas opções de livros para o profissional de contabilidade, passando por literaturas técnicas e as que podem mostrar outros ramos de atuação da contabilidade. O profissional também não pode deixar de buscar desenvolver outras habilidades, como as de visão diferenciada da contabilidade, liderança e empreendedorismo, que, com toda certeza, acompanham o novo perfil dinâmico exigido do contador.

Via/Escola de Negócios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.